Vaga para ASSESSOR TÉCNICO DE COMUNICAÇÃO PARA MUDANÇA DE COMPORTAMENTO

A FHI 360 está à procura de um candidato para o cargo de Assessor de Técnico de Comunicação para Mudança de Comportamento (BCC), para um projecto implementado em 4 províncias, focado em contribuir na redução de mortalidade, morbidade e incidência da malária.

O (A) Assessor(a) de SBCC será responsável na gestão e irá providenciar apoio técnico as actividades de SBCC a nível central, provincial e distrital nas 4 províncias.

Responsabilidades Chaves

  • Supervisionar aspectos programáticos e técnicos relacionados às atividades de SBCC, garantindo que os resultados de SBCC sejam baseados em evidências, orientados pela comunidade e de acordo com o projecto;
  • Coordenar com o PMI, o Ministério da Saúde (MISAU), a equipe do IMaP e outras partes interessadas para garantir a prestação de assistência técnica sistemática e consistente ao MISAU a todos os níveis e a outros parceiros implementadores do PMI;
  • Coordenar esforços com outras partes interessadas, para garantir que os recursos sejam usados com eficiência e minimizar a duplicação de esforços;
  • Colaborar com a equipe técnica do país, coordenadores provinciais de SBCC, gestores dos parceiros e equipe técnica da sede para garantir que o projecto seja desenhado e implementado de acordo com as estruturas e padrões do programa;
  • Liderar e contribuir na planificação, desenho e implementação das atividades de SBCC a todos níveis, incluindo a nível comunitário e institucional;
  • Desenvolver e testar materiais, trabalhando e fornecendo orientações para agências gráficas;
  • Supervisionar e fornecer suporte técnico para o processo de documentação das melhores práticas, desenvolver e distribuir estudos de caso e resumos de projetos para destacar as atividades de SBCC;
  • Dirigir e fornecer assistência para o desenvolvimento de resultados do projecto, planos de trabalho e relatórios.

Requerimentos Mínimos

  • Mestrado ou equivalente em Comunicação Internacional, Comunicação para Mudança Social de Comportamento, Social Marketing, Saúde Pública, Comunicação em Saúde, Promoção de Saúde ou Ciências Sociais;
  • Mais de 3 anos de experiência relevante no desenho e gestão de actividades de comunicação em saúde ou, uma combinação equivalente de educação e experiência;
  • Experiência e conhecimento em programas de malária é preferencial;
  • Experiência de trabalho nos projetos financiados pela USAID ou outro projeto financiado por doadores;
  • Sólido entendimento e apreciação dos processos, procedimentos, regras e regulamentos do projeto da USAID;
  • Fortes habilidades de comunicação escrita e verbal;
  • Fortes habilidades e experiência em supervisão intercultural e formação de equipes;
  • Capacidade de trabalhar de forma independente com iniciativa para gerir o fluxo de trabalho;
  • Fortes habilidades de comunicação escrita e verbal em inglês.
error: Preserve os direitos do autor. !!